Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

A kind of magic

Textos sobre tudo e sobre nada. No fundo, uma plataforma para reclamar da vida e dos erros ortográficos das pessoas, senão não seria aluna da fluc.

A kind of magic

Textos sobre tudo e sobre nada. No fundo, uma plataforma para reclamar da vida e dos erros ortográficos das pessoas, senão não seria aluna da fluc.

24
Fev20

Coisinhas que têm mesmo de ver #1 - O baloiço do instagram

B.

   Esta semana tive um professor que decidiu não dar aula e tirei um tempinho para ir procurar o baloiço-mais-instagrammável-do-instagram-de-Coimbra, mas nem seria dia se essa tarefa fosse simples para mim. Comecei por juntar uma excursão da terceira idade ou um rancho (como preferirem chamar) e fomos os 4 procurar o baloiço das básicas para os lados do Seminário Maior. Há dois anos que estudo em Coimbra e nunca tinha entrado em tal espaço que, à primeira vista, parece maior do que na realidade é: há um gigantesco jardim logo à entrada - que não é assim tãooooo gigantesco - e uma ponte de 4 entradas que, na verdade, não serve para nada e é só aesthetic. Depois, vestimos a pele de Dora a Exploradora e, sem saber para onde ir, começámos a desbravar terreno pelo lado esquerdo. E adivinhem? Exatamente, O BALOIÇO ERA DO LADO DIREITO! Então este post serve para todos vocês, basiquinhos das redes sociais, não se perderem e me agradecerem as coordenadas que eu não tive.Coimbra tem um baloiço com vista para o Mondego perfeito para relaxar (e fotografar)
   Pelos posts das #influencers #instagrammers #famosinhas que foram surgindo nas minhas redes sociais, o local em questão parecia-me mais acolhedor e mais calmo, porque nenhum desses posts me mostrou os andaimes na retaguarda e a fila gigante que há para fotografar o raça do baloiço. No entanto, verdade seja dita, a vista (não só do baloiço, mas de todo o Seminário Maior) é esplendorosa e merece ser apreciada por todos - sem ter uma senhora de 70 anos atrás a dizer repetidamente “Tenho de ir à casa de banho, mas está quase na minha vez de ir ao baloiço” #PrayForIncontinência.
   Ao fim da visita, que rondou a colossal quantia de 10 minutos (e já foi tempo a mais), decidimos aproveitar o sol que estava tapado pelas nuvens e passear pelo Jardim Botânico que é, sem sombra de dúvidas, um dos meus lugares preferidos na cidade. Um dia explico o motivo 🤭🤭

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub